Deixar de fazer PowerPoint!

Li outro dia na Internet: “É quase uma operação DEVASSA na fabricante da DEVASSA, SCHINCARIOL. A família retomou o comando da empresa depois de três anos de uma suposta tentativa de profissionalização. Em declaração à revista Exame, ADRIANO SCHINCARIOL declarou, a propósito da ‘devassa’ interna: ‘A gente precisava deixar de fazer powerpoint e vender mais cerveja’”.

Pois é, este tal de powerpoint, assim mesmo – com letras minúsculas, é um desafio. Em um treinamento outro dia para uma grande empresa, pessoas com excelente formação e muito experiência, ouvi de um dos participantes:

– Precisamos mostrar que trabalhamos muito, quanto mais informações houver no slide, melhor. E se ninguém conseguir ler o texto, melhor ainda, importante é passar a sensação de muita coisa a dizer!

Felizmente apenas um participante pensava assim, os demais estavam na aula para aprender a usar melhor os slides. Mais, queriam aprender a passar uma mensagem com eficácia, vender uma ideia, CONQUISTAR a plateia.

Em muitas aulas minhas, mostro o slide que você vê ao lado. Pergunto:

– Você tem vontade de ler o que está escrito?
– Depois de ler, você consegue se lembrar de tudo?
– De 1 a 10, que nota você daria para a EFICÁCIA deste slide?

Para falar em eficácia, é preciso ter em mente qual o objetivo do slide. Este acima foi feito para explicar o que é a realidade virtual e quais são suas três características principais. Sem ler novamente o slide, quais são mesmo estas características?

Agora veja este próximo slide, muito mais limpo e estimulante: apenas três figuras, três palavras e um título. Se você estiver pensando que ninguém vai entender um slide tão limpo, resumido, assim, eu concordarei de imediato. Mas um slide NÃO FOI FEITO PARA SER ENTENDIDO SEM UM APRESENTADOR. Este slide acima servirá de APOIO ao apresentador na hora da palestra ou reunião. As figuras e palavras foram escolhidas para que o apresentador pudesse se lembrar dos assuntos a falar. Melhor, as figuras e palavras foram escolhidas para que a plateia consiga se lembrar de tudo depois de sair da sala.

Dá trabalho escolher figuras e palavras assim. Talvez por isso a maioria das pessoas prefira fazer slides com muito texto. Só há uma problema: SLIDES COM MUITO TEXTO NÃO FUNCIONAM! Ninguém lê. Minto, só uma pessoa lê, o apresentador que está lá na frente, provocando sono, impaciência e ansiedade na plateia. Pense nisso, as pessoas que participarem de sua próxima apresentação agradecerão muito!

Ah, aquele aluno resistente … continuou resistindo. Espero que o sucesso das outras pessoas na empresa o convençam…