Realizações Outlook

Acordei inspirado, era dia de mais uma aula que prometia ser muito boa, mas na garagem o pneu do carro estava FURADO. Acionei a seguradora, o auxílio chegou – na hora PROMETIDA.

Meu iPhone resolveu mostrar tudo vermelho. Fotos vermelhas, calendário vermelho, e-mails vermelhos. Nas lojas da Apple, ninguém soube ajudar. Felizmente o sabe-tudo Google tinha uma indicação, iPhoneFix, assistência técnica especializada em produtos Apple. Fui lá, orçamento feito de imediato, conserto feito em seguida – tudo em menos de uma hora. Conforme PROMETIDO.

E nosso trabalho no Outlook, também cumpre tudo o que PROMETE? Este é o paradoxo da tecnologia: um Outlook, feito para proporcionar produtividade, talvez seja a ferramenta que mais atrapalha as REALIZAÇÕES de nosso dia a dia.

– Sei que ficar à disposição de e-mails atrapalha minha produtividade, sei que devo reservar alguns momentos do dia para lidar com os e-mails. Mas basta o Outlook sinalizar a chegada de um novo e-mail e eu interrompo na hora o que estou fazendo para ver a mensagem. Que às vezes – na verdade, na maior parte das vezes – nem é importante. NÃO CUMPRO O QUE PROMETO!

– Até consigo usar o Calendário do Outlook para planejar meu dia, mas basta alguns minutos de atividade e já atropelo todo meu planejamento. NÃO CUMPRO O QUE PROMETO!

– Tenho vários contatos, tenho várias informações de cada um deles, já me propus a usar o Contatos do Outlook para organizar tais informações. No entanto, chega um e-mail com um dado muito valioso de um determinado contato e eu não o registro na ficha deste contato. Depois, quando precisar da informação, nunca encontro. NÃO CUMPRO O QUE PROMETO!

Ora, se gosto quando a companhia de seguros cumpre o que promete, se gosto quando a assistência técnica faz o conserto que promete, porque será que não cumpro o que eu mesmo prometo? Quem entender esta resposta, SENTIR esta resposta, finalmente conseguirá usar o Outlook como uma verdadeira ferramenta de produtividade.