Será que sou honesto?

Há dois ou três anos ouvi de um consultor e palestrante amigo uma frase que marcou muito:

– Gosto de me sentir honesto em uma aula!

Vendo minha expressão de dúvida, ele foi logo explicando:

– Quando termino um curso e sinto que as pessoas entenderam o que falei, que as pessoas vão realmente colocar em prática o que expliquei, tenho uma enorme sensação de honestidade! Sinto que ofereci algo de fato útil, algo que fará diferença na vida das pessoas presentes.

Nunca mais esqueci desta frase. Será que estou sendo honesto em minhas aulas? Quando mostro técnicas para a criação de slides eficazes, será que as pessoas as praticam? E quando falo de produtividade com Outlook, um curso extremamente comportamental, será que consigo motivar os participantes para uma mudança de atitude?

Felizmente tenho tido provas de que as pessoas experimentam e aproveitam os ensinamentos mostrados em sala de aula. Manifestação inesquecível tive mesmo na semana passada, o evento era Aproveitando melhor o meu tempo. Conversamos sobre como organizar informações, administrar o tempo, trabalhar em equipe e ter muita produtividade com o uso eficaz das ferramentas do Outlook. Como o evento foi dividido em duas aulas com quatro horas cada, fiz uma pergunta no início da segunda aula:

– Bom, pessoal, antes de começar a falar dos assuntos de hoje, preciso saber primeiro como – e se – vocês usaram o que vimos na aula passada. O que falei foi útil? O que falei foi importante? Alguém tem algum exemplo prático para compartilhar?

Para minha alegria, uma aluna – a Bia – foi logo falando:

– Professor, o conceito “Tarefinha HOJE” que você mostrou é fantástico, mudou minha vida. Meu trabalho ficou muito, mas muito mais produtivo. Nem acreditava quando chegava ao fim de cada dia e via a quantidade enorme de tarefas que havia feito. Não era assim antes! ADOREI o “Tarefinha HOJE”, nunca mais vou largar dele!

Melhor do que ouvir esta declaração, foi ver a paixão dela, os brilhos nos olhos dela, ela realmente colocou tudo em prática. E tudo funcionou muito bem! Ela, por opção, resolveu aproveitar o curso e experimentou os conceitos abordados. Nunca me senti tão honesto quanto naquele dia!

Muito obrigado, Bia!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br

As novas tecnologias ajudam MESMO em seu trabalho?

Reddit. Pinterest. Instagram. Dropbox. Todos nomes muito falados quando o assunto é nova tecnologia. Mas tudo isso é útil em seu trabalho? Até mesmo os mais conhecidos Faceboook e Twitter, até que ponto eles fazem diferença em seu dia a dia na empresa?

Faço estas reflexões porque muitas vezes recebo pedidos para palestras em empresas abordando o assunto novas tecnologias. Falar sobre nova tecnologia é fácil, o desafio é aliar tais novidades ao trabalho diário de quem participa das palestras. Felizmente, tenho encontrado exemplos práticos absolutamente úteis:

– Uma secretária de diretoria de marketing que participou de um evento meus sobre novas tecnologias apresentou um projeto de REALIDADE AUMENTADA em sua empresa, os resultados foram excelentes. A realidade aumentada traz informações VIRTUAIS para seu ambiente REAL. Por exemplo, em um shopping seu smartphone pode traçar um caminho até a loja desejada. Veja que não estou falando dos mapas GPS, mas sim de um traçado luminoso desenhado no chão;

– Não faltam hoje exemplos de páginas empresariais no FACEBOOK que trazem grande atenção para as empresas, gerando não só movimento e audiência, mas também facilitando a divulgação de novos produtos e serviços, servindo como canal de orientação, esclarecimentos e até mesmo reclamações. As empresas que sabem usar DE FATO o Facebook dão muita atenção às reclamações, que – bem resolvidas – representam um ótimo canal de retenção de clientes;

– E o PREZI (www.prezi.com), uma alternativa ao sempre presente PowerPoint, você já experimentou? É um programa bastante inovador para criação de slides, permite diferentes visualizações para pontos específicos em um slide. Quando usado direto na Internet, é gratuito, mas é possível comprá-lo para instalação no computador. Tenho uma amiga que viu uma apresentação em Prezi feita por um diretor da FAAP, prof. Victor Mirshawaka Júnior, e disse que foi um show!

Faço todas estas reflexões para finalmente pedir sua ajuda. Você tem algum exemplo de nova tecnologia em seu trabalho? Se sim, peço que responda este artigo com um exemplo. E não quero dar trabalho, sua resposta poderia ser algo objetivo como “Google Maps para indicar o local de uma reunião” ou “Smartphone como scanner de cartão de visitas”.

Muito, muito obrigado pela ajuda!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br

Trabalho em grupo

Alessandro Carlucci, diretor-presidente da Natura, disse outro dia que “…modelos tradicionais de gestão têm foco naquilo que é preciso MELHORAR NA PESSOA, quando devemos valorizar O QUE ELA FAZ DE MELHOR e promover ambientes colaborativos.” (Estadão, Pessoas de ValoRH, 16/ago/2012)

Interessante este modo de pensar. Melhorar nossas próprias habilidades e disponibilizá-las em ambientes onde todos possam contribuir com todos parece ser um caminho cada vez real, graças principalmente às facilidades oferecidas pela tecnologia. E às PESSOAS que percebem este caminho COLABORATIVO cada vez mais sem volta. Que bom!

Exemplo de um EXCELENTE trabalho colaborativo oferece o grupo Secretariado Brasil. São várias secretárias trocando ideias e resolvendo problemas umas das outras. É um grupo fantástico, e MUITO EFICAZ. Elas resolvem cada problema … Elas e eles, porque há homens no grupo também, os secretários. E eu! Aliás, estes meus artigos são gentilmente publicados no grupo (olá, grupo!).

Outro dia apareceu uma pergunta no Secretariado Brasil:

– Alguém poderia me ajudar com o Outlook? Por que na pesquisa de contatos um contato não aparece? Digitei corretamente, realizei a busca na pasta correta e tenho certeza que o mesmo está cadastrado!

Eu respondi:

– É um pouco difícil ajudá-la à distância, preciso ver seu Outlook de perto. Tenho uma sugestão: que tal você capturar duas telas e me enviar por e-mail? A primeira tela deve mostrar o contato existente, a segunda a caixa de pesquisa em que você digita os dados para procurar este contato. Com estas duas telas, espero poder ajudá-la.

Em seguida apareceu outra mensagem no grupo:

– Olá Fernando, bom dia! Creio que será do interesse de várias pessoas do Grupo saber a solução deste problema. Se puder compartilhar a resposta será muito pertinente.

Talvez este seja um exemplo que representa muito bem a frase que inicia este artigo. Uma pessoa tem um problema, outra propõe uma solução, outra ainda quer saber desta solução. Isso é trabalho colaborativo. Isso é crescer em conjunto. Isso é ter espaço para desenvolver cada vez mais nossas próprias habilidades e colocá-las à disposição de outras pessoas. Tive que repassar meus conceitos de Outlook para responder a pergunta. Cresci com ela. E a resposta poder ser útil para muita gente.

Viva a oportunidade de poder aperfeiçoar o que já fazemos bem. Viva os novos tempos. Viva o ambiente colaborativo. Viva o grupo Secretariado Brasil.

Ah, preparei uma resposta passo a passo, ilustrada, para responder a dúvida. Está em http://www.pessoasetecnologia.com.br/page52.html, é só entrar na página e clicar no link “Outlook – Pesquisando TODOS os contatos”.

Um abraço grande,

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br