Todo mundo procrastina. Você procrastina?

Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com a suas responsabilidades e compromissos. Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos.
(Wikipedia, 19/03/2015)

De todos os cursos que ministro, um dos mais pedidos é o Gestão do Tempo. Embora celular com Google Maps e Waze tenham tudo para tornar nosso tempo melhor aproveitado, apesar de computadores com Outlook e similares estarem mais equipados para tornar nossa vida mais produtiva, o velho problema da falta de tempo continua.

– Nossa, eu tinha tanta coisa para fazer hoje, mas não consegui fazer quase nada do que queria!

Motivos é que não faltam:

– Demorei horas para chegar, o trânsito está impossível!
– Não aguento mais, minha caixa de entrada tem cada vez mais e-mails!
– Parece que minha vida é só apagar incêndio, o que mais aparece é imprevisto!

Se já está difícil administrar nosso tempo com tudo isso, por que deveríamos piorar a situação? Pioramos, pioramos porque PROCRASTINAMOS.

Nas aulas todos concordam comigo, procrastinar é ruim. O interessante é que ninguém se considera procrastinador. Vamos então refletir, quem nunca abriu um e-mail e depois fechou? Mais, abriu, fechou, marcou como “não lido” e depois tem o trabalho de abrir novamente?

Este é um exemplo perfeito de procrastinação. Procrastinação grave! Sim, porque uma coisa é ADIAR O INÍCIO de uma tarefa, outra é INTERROMPER uma tarefa já iniciada e voltar depois. Isso é retrabalho! Isso é perda de tempo! ESTA É A PIOR DAS PROCRASTINAÇÕES.

Se você abriu um e-mail, resolva! Se não houver tempo para resolver, é porque você abriu o e-mail na hora errada. A solução é simples, só abra e-mails na hora em que você sabe que pode resolvê-los. Senão você irá PROCRASTINAR!

A melhor hora de abrir e-mails não é no início do dia, antes do almoço, no meio da tarde ou antes de ir embora. A melhor hora de abrir um e-mail é aquela em que você pode terminá-lo!

Cá entre nós, olhando a pessoa que enviou o e-mail, lendo o assunto, não dá para antecipar o que precisa ser feito? Claro, há exceções, mas em geral sabemos o tamanho da encrenca antes de abrir um e-mail (rs). Ora, se é assim, por que abri-lo quando não for possível agir? Não abra!

Tenho falado sempre sobre esta procrastinação em minhas aulas, felizmente a maior parte dos alunos “compra” a ideia e encontra a hora certa de tratar seus e-mails. Sabe o que conseguem ao final do dia? UMA CAIXA DE ENTRADA VAZIA!

Não vou negar, é difícil criar este hábito de só abrir e-mails na hora certa. Muitos conseguem, muitos não. Em que grupo você está?

Um abraço grande,

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519