Paris ou São Paulo? Tanto faz!

Acabei de chegar de uma viagem, um mês inteiro em Paris. Viver lá é diferente de viver aqui? Eu achava que sim…

Trabalho

Como não estava em férias, levei meu computador. Então, começava meu dia respondendo e-mails, conversando com alunos, fazendo propostas e só então saia para o reconhecimento da cidade.

Ao voltar, perto de 19h ou 20h, o relógio no Brasil ainda marcava 14h ou 15h, então eu conseguia interagir com meus clientes e alunos no próprio dia. Para mim, era final de jornada, quase hora de dormir; para eles, meio da tarde. Esta diferença de fusos horários veio bem a calhar.

Localização e aplicativos

Não vivo mais em São Paulo sem o Google Maps, em Paris também não. Aliás, vários outros aplicativos ajudaram:

TripAdvisor. Todo mundo que viaja deveria usá-lo. Funciona com GPS, assim você pode descobrir o que há de interessante na região em que está no momento;
Citymapper. Que ônibus pegar? Qual o ponto mais próximo? A que horas ele passa? Tudo respondido com precisão absoluta. Embora o aplicativo funcione em poucas cidades do mundo, a boa notícia é que ele já vale também para São Paulo. Quem está aqui deveria experimentá-lo!
Tradutor. Este app do Google não é exatamente perfeito, há várias falhas, mas no geral ajuda muito. Muito! Em Paris e em São Paulo!
City Walks. Que tal um guia de bolso, um que sugere passeios inesquecíveis de 2 ou 3 horas a pé? Fiz vários destes roteiros em Paris, meus dias foram altamente produtivos. Ainda não experimentei, mas há sugestões de passeios aqui em São Paulo também;
Vélib’. Temos em São Paulo as bicicletas do Itaú e as do Bradesco, as do Itaú contam inclusive com um aplicativo GPS para localização e status de estações. Que dúvida, Paris também tem o Vélib’, andei facilmente de bicicleta por lá!

Metrô

A melhor alternativa para descobrir Paris, também a mais rápida e a mais econômica, é mesmo o metrô. Está certo, o número de linhas e estações lá é imensamente maior do que a daqui. Li em algum lugar que Paris talvez seja a única cidade do mundo em que há uma estação de metrô a cada 500m.

No entanto, há algo em comum com o metrô daqui: gente, muita gente! Por outro lado, temos uma grande vantagem, nossos carros e estações são muito, mas muito mais limpas do que as que visitei por lá! Ponto para nós!

Passeios e atrações turísticas

Alguém neste ponto pode argumentar que estou exagerando na comparação, talvez até esteja mesmo.

Mesmo assim, algo muito interessante está acontecendo comigo nesta volta de viagem: estou prestando mais atenção na cidade. Outro dia fui ministrar uma palestra na zona sul e vi uma casa com um jardim muito florido e absurdamente bonito, eu nunca havia reparado. É, a viagem mudou minha cabeça!

Blog

Fiz um blog mostrando cada dia de minha visita. Quer dizer, fiz não, estou fazendo! Foram tantos os passeios, tantos os pontos de interesse, que não consegui publicar todos os posts ainda. Pretendo mostrar os 29 dias de viagem, por enquanto estão no blog os 21 primeiros.

Se você quiser acompanhar um pouco mais desta viagem, as fotos e comentários estão em www.pessoasetecnologia.com.br/viagens. Modéstia à parte, acho que está muito bom (rs)!

Ah, se você quiser sugestões de aplicativos para uma boa visita em Paris, estou mostrando vários no blog:

Le Louvre;
La Tour Eiffel;
Que Faire a Paris, com indicações de atrações, passeios e atividades oficiais da prefeitura de Paris;
Vianavigo, uma solução MUITO ECONÔMICA para metrô e ônibus;
Les 4 Temps, para quem gosta de uma boa compra;
Forum des Halles, também para boas compras;
Gardens – Palace of Versailles, imperdível para quem quiser fazer uma visita guiada via GPS nos jardins quilométricos e deslumbrantes do palácio.

Há muitos e muitos outros nos muitos posts diários.

Conclusão

Será que viver em Paris é assim tão diferente, será que a vida lá seria outra? É, tenho minhas dúvidas! É tudo questão de ponto de vista! Só sei que gostei muito de lá, sei também que gosto muito daqui!

Um abraço grande,

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br