Trem de competência

Estava conferindo meu computador quando o relógio marcou 9h e a apresentadora oficial do evento disse:

– Vamos iniciar o 10º. Congresso Mineiro do Secretariado.

Incrível, não acreditei, o evento estava marcado para começar às 9h e … começou! Algo inédito, em mais de 30 anos de trabalho foram poucas as vezes em que vi tamanha pontualidade.

Havia algo diferente neste evento, parece que estava sobrando competência. O início na hora marcada me fez lembrar tudo o que havia acontecido até aquele instante:

– Recebi o convite com muita antecedência;
– Todos os e-mails que enviei para a coordenação foram respondidos de imediato;
– Por conta de minha agenda apertada, solicitei dias e horários de voos bem específicos, todos 100% atendidos;
– Com três semanas de antecedência recebi orientações completas, incluindo dia, horário e endereço do hotel (o que era mais do que esperado), como também até informações para o transporte mais eficaz a partir do aeroporto (o algo mais).

Tudo isso passou pela minha cabeça em fração de segundos, porque em seguida o telão já mostrava uma bela apresentação minha.

Mais um momento inesquecível e inacreditável. Além dos tradicionais dados do tipo formação e livros escritos, as imagens mostravam uma entrevista que fiz há muito tempo na TV Cultura e até uma foto de meu casamento. Como é que estas moças descobriram tudo isso? Quanta eficiência! Quanta amabilidade!

Nem preciso dizer que a palestra foi um sucesso! Concebido e organizado com tanto carinho e profissionalismo assim, é claro que o resultado só poderia ter sido excelente! E olha que o assunto era até um pouco árduo para um sábado de manhã, “A TECONOLOGIA E A PRODUTIVIDADE – Outlook e smartphones a favor de tarefas individuais, tarefas em equipe, prioridades, atribuições, acompanhamento”. Nem vimos os minutos passarem! Na verdade, as participantes queriam até mais tempo – eu também, foi muito bom!

A palestra terminou, os exemplos de competência não. Recebi uma bela cesta de produtos mineiros, com doce de leite cristalizado, doce de leite em palha e goiabada. E uma bela xícara com coador de pano individual, um charme. Minha mulher adorou, tanto quanto eu!

Que exemplo, que trabalho feito com gosto, vontade e energia. Estas mocinhas mineiras deram um show, mostraram que em Minas tudo é “trem” mesmo: trem de profissionalismo, trem de amabilidade, trem de competência. Trem bom, mesmo!

Um abraço grande,

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br