Este é o professor que fala da cachorra dele!

Estávamos no final de um curso de gestão do tempo quando uma aluna se aproximou:

– Quando comentei que viria participar de um curso seu, disseram que você falaria até de sua cachorra!

Não deu outra, falei mesmo! E aí fico me questionando até que ponto posso em um curso empresarial, em uma das maiores empresas do país, falar de algo tão pessoal como minha cachorrinha Victória.

Procuro rechear minhas aulas com fatos que acontecem em minha vida, acredito que assim as metodologias apresentadas tornam-se mais reais, mais possíveis de aplicar.

Por exemplo, WhatsApp ajuda ou atrapalha a gestão do tempo? Depende de como a utilizamos. Sempre depende! O veterinário cardiologista de minha cachorrinha Victória, o Dr. Luciano, deixa o número dele a nossa disposição, sentimos uma segurança muito grande assim. O Dr. Luciano só responde quando pode, eu só envio mensagens quando há realmente necessidade. Então, o WhatsApp só nos ajuda!

Os slides que uso em minhas aulas, ou em minhas apresentações aos clientes, são bem simples, limpos, de fácil leitura. Sempre digo em meus treinamentos de criação de slides que precisamos aprender a passar rapidamente uma mensagem. Um bom slide deve ser lido em até 9 segundos, comprovam os melhores apresentadores. Corro o risco de alguém falar “nossa, que slide pobre”? Claro, mas também sei que todos compreendem de imediato as mensagens que quero passar!

Até em um simples curso de Excel os exemplos pessoais têm se mostrado mais úteis. Em vez de um exemplo complexo, mostro minha planilha pessoal de aplicações para a futura aposentadoria, recursos como Solver e Cenários garantem um futuro tranquilo. (Na verdade, meu trabalho é tão prazeroso, que às vezes parece até que já estou curtindo a paz e a alegria de uma aposentadoria bem planejada).

E então, devo ou não continuar falando de vida pessoal em minhas aulas? Não tenho dúvidas, claro que sim! Vou continuar falando de minha cachorrinha Victória, de minhas viagens – estive em Berlim e agora vou para Madri e Barcelona J, da bicicleta que uso para trabalhar nesta agitada cidade de São Paulo e até dos filmes que vejo no cinema – gostei bastante de Star Trek, sou fã da criatividade e jogo de cintura do Capitão Kirk e da lógica do Sr. Spok.

Faça o que eu digo porque é exatamente o que eu faço!

Um abraço grande,

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519