Desafios. Ações. Resultados!


Ministro aulas desde 1986! Já estou acostumado? Nada mais me surpreende? Nossa, muito pelo contrário! Cada cliente novo, cada novo tema, representa novos desafios! A adrenalina é alta sempre!

Estamos com um cliente novo, um projeto de ampla formação em Excel. Desenhamos quatro títulos: Excel Intermediário, Excel Avançado, Excel Dashboards e Excel VBA Macros. Um trabalho intenso, primeiros assuntos tratados mais ou menos na metade do ano passado e aulas propriamente ditas iniciadas agora em março.

Não, março não, tivemos uma palestra de apresentação no final de fevereiro. Que palestra! Muitos e muitos participantes dedicaram seu tempo de almoço para … almoçar, claro, e conhecer recursos interessantes do Excel. Recursos salvadores!

A interação foi enorme, as reações as melhores possíveis. Dá para acreditar que o pessoal riu muito durante a palestra? Uma palestra técnica? Pois é, uma das pessoas da área de treinamento fez um comentário muito interessante. Ela disse que outros palestrantes também se apresentaram em dias anteriores, até um palhaço falou sobre motivação e comportamento. Ela disse que nem na palestra dele as pessoas riram tanto quanto nesta de Excel. Que comentário!

Mas esse foi só um aquecimento, os cursos completos começaram em março. Eu estava um pouco agitado no primeiro dia, na expectativa! Mesmo sendo cursos que já ministro há muito tempo, o cliente era novo. Com suas necessidades específicas e desafios típicos da área de atuação da empresa.

Logo nos primeiros dias, os comentários dos participantes tranquilizaram:

– Seu curso foi excelente!
– Achei o curso muito proveitoso e a forma de ensino também.
– Parabéns, o treinamento foi ótimo. A forma e vitalidade como conduz e como ensina de maneira “humana” é incrível!

Não estou sozinho nesta empreitada, somos dois neste cliente, o professor André está comigo. E indo no mesmo caminho, olha só uma manifestação de aluno:

– Seu “modus operandis” é bem interessante e cativa a participação de todos. Prefiro também a linha de engajar a todos em sala, tornando o curso mais participativo para todos.

Que resultado! Sempre defendi que o segredo para uma boa aula é o máximo de planejamentos ANTES e o máximo de descontração e rebeldia (rs) DURANTE. Além disso, a melhor forma de entender o Excel é desmistificá-lo. Assim, um bom professor não pode nunca ensinar, por exemplo, que uma função PROCV é formada por três argumentos, o primeiro é o item a….

Chega, vou parar senão você não lê mais este texto. A melhor forma de ensinar este recurso é mostrar uma planilha parcialmente preenchida e conversar com os alunos sobre o que está faltando nela. No momento em que eles falarem que será preciso PROCURAR mais informações, é hora de falar sobre PROCV.

Ufa, foi um trabalho grande até agora, desafios vários. Felizmente todas as nossas ações estão se mostrando eficazes, então – mesmo ainda no início do trabalho – já estamos colhendo excelentes resultados. Que maravilha! Que sensação boa!

Grande abraço!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519