Bendito Condomínio!

A vida sempre nos reserva boas surpresas!

Eu e minha mulher temos um apartamento alugado em um imóvel perto de casa. Embora eu já tenha participado de algumas reuniões de condomínio lá, perdi a paciência – quem é que não perde? – e há algum tempo não tenho ido nestas seções de terapias coletivas (rs).

Na última realizada, perguntei se a inquilina gostaria de participar. Ela foi, era de seu interesse também. E voltou com notícias alarmantes: salários atrasados, impostos acumulados, prédio extremamente malconservado. Pior, a solução imaginada na reunião para solucionar tudo isso foi pedir empréstimo!

Surtei! Imagina, empréstimo é bola de neve, é empurrar o problema e torná-lo ainda maior. Mas o que fazer? Eu já havia tentado há alguns anos convencer moradores, síndico e subsíndico a tomar algumas atitudes. Em vão, ninguém se mobilizou.

Em uma tarde de sábado, tive um estalo. Imprimi uma carta simples e coloquei embaixo de cada porta no prédio. Dizia que estava preocupado com a situação do prédio e propunha algumas soluções: uma nova administradora – mais profissional, síndico profissional – um que eu conhecia e admirava o trabalho, além de medidas para agilizar um processo movido há mais de 10 anos – dá para acreditar? – contra um condômino inadimplente.

Que surpresa! A adesão foi enorme! As pessoas me procuraram quase que de imediato. Deixei meu e-mail e WhatsApp para contato, as mensagens começaram a pipocar. Marcante foi a Dona Ilda, uma das proprietárias – já de idade – agradeceu muito minha iniciativa. Há muito tempo ela também queria fazer algo e não sabia como.

Marcamos uma primeira reunião informal, saímos já com algumas ações concretas. Três dias depois, marcamos outra e já havíamos definido uma nova administradora, um novo síndico e um sistema informal de vaquinha entre moradores para o problema financeiro imediato, até que o processo contra o inadimplente vingasse.

Três dias! Foi só isso para traçarmos e iniciarmos um plano de ação! Isso é que é trabalho em equipe! Nunca havia participado de reuniões tão produtivas!

Neste meio tempo, apareceu um artigo do LinkedIn, falava sobre a Christina Lee, uma engenheira de software que após se formar decidiu atravessar sozinha os Estados Unidos levando apenas o essencial. Cabia tudo em um carrinho de bebê, ela andou quase 5.000 km. Aí o carrinho quebrou, teve que carregar tudo nas costas. Tudo isso chamou a atenção da revista Runner’s World, que fez uma cobertura completa da aventura e tornou Christina uma pessoa famosa.

Claro que não estou comparando minha história do condomínio com essa da Christina, mas certamente a lição fica: tudo se resolve se agirmos!

As boas notícias não param por aqui. Fiquei curioso com a história da moça, fui atrás e descobri que hoje ela é engenheira de software no Pinterest. Sua agenda diária é uma loucura, muito intensa e com um grande trabalho em equipe.

Para coroar, descobri que ela usa lá o Slack. Nunca havia ouvido falar. A empresa Slack é uma startup lançada em 2014 e avaliada recentemente em 5,1 bilhões de dólares. Foi criada para ajudar empresas a melhorarem sua comunicação interna, reduzindo a necessidade da troca de infinitos e-mails e da participação em diversas reuniões para tomada de decisão.

Apesar de relativamente nova, a ferramenta é usada no AirBnb, NASA e até o Departamento de Estado norte-americano. Fui conhecer a ferramenta e gostei muito. Quem sabe está aí a abertura para mais um curso de sucesso.

Como disse a Christina: “Life is good”!

Grande abraço!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *