Morando na casa de espanhóis

Praia de Barceloneta, Barcelona

– ¡Hola, bienvinido a mi casa!

Madri, casa da Julia, 15 dias; Barcelona, Leticia, outros 15 dias. Viajar para a Espanha e morar na casa de espanhóis é a receita perfeita para uma experiência de viagem bem mais completa!

Muita gente estranha quando falo que fico em casa de desconhecidos, comentam sobre a falta de liberdade, o desconforto, o compartilhar cozinha e – principalmente – banheiro. Pois é, tudo se resume à ABERTURA AO NOVO e à CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO A NOVAS SITUAÇÕES.

Cada caso – ou casa – desta minha recente vida espanhola teve seus pontos bons e alguns não tão bons assim. Em Madri, embora o banheiro fosse compartilhado, o quarto contava com um box e chuveiro. Além disso, a cozinha com micro-ondas estava bem ao lado. Um conforto enorme!

Claro, tudo é uma questão de ENTENDER O AMBIENTE que nos cerca. Com dois dias percebendo hábitos, já era possível antecipar melhores momentos para usar dependências compartilhadas. Então, parecia até que estava morando em uma casa só minha!

Algum problema? Bem, os madrilenos gostam de falar alto até tarde da noite, difícil dormir cedo para começar bem o dia seguinte. Tudo bem, foi só sinalizar meu desconforto e o tom de voz baixou – bem, só um pouco – nas noites seguintes. Nada que tenha atrapalhado meu passeio.

Na sequência, Barcelona e um país que parecia outro. Incrível ver a diferença entre as duas cidades, costumes e jeito de viver nitidamente distintos. Li uma frase na internet que achei o máximo, “Quem mora em Barcelona é esperto, quem nasce lá é Barcelonense”.

Quase não vi a Leticia, dona da casa; gente na praia o tempo todo, parecia o Rio de Janeiro; bicicletas como um importante meio de transporte, algo mais raro em Madri. Também tive que compartilhar cozinha e micro-ondas, além de banheiro e chuveiro. Agora não havia mais box no quarto, mas pelo menos eram dois os banheiros na casa.

Mais uma vez, me adaptei, ainda mais rápido do que em Madri! Além de sentir os hábitos da casa, me adaptei também ao jeito barcelonense de viver. Claro, certamente encaixei a praia, molhar os pés nas águas do Mediterrâneo – muito, muito frias – foi uma sensação única!

Chegando perto do final da viagem, e ainda faltando vários lugares para ver, apelei para um bom PLANEJAMENTO e consegui enorme AGILIDADE. Entrei em meu Google Maps, marquei os lugares desejados com uma bandeirinha, aluguei uma bicicleta e lá fui eu curtir cada ponto com a ajuda do mapa. Usar as várias ciclovias da cidade, ver o mar de um lado, edifícios com arquitetura única do outro e parques à frente foi uma experiência única. Inesquecível!

Eu estava em férias? Não, trabalhei também! ADMINISTREI O TEMPO e consegui conciliar passeios e reuniões virtuais com clientes aqui no Brasil, fechei uma turma do evento A arte de falar em público com PowerPoint, sugeri datas para o curso Formação Project e ainda respondi várias dúvidas de alunos sobre Excel e Outlook. Quer coisa melhor do que trabalhar na Espanha?

Foi uma experiência única! Inesquecível! Algo para toda a vida!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *