Se todos fossem iguais a vocês!

Prof. André e Prof. Fernando em plena aula!

– Fui jantar em um restaurante japonês, algo não caiu bem!

Este foi o WhatsApp que recebi do André. Às 3h da calada madrugada! Costumo deixar meu celular no modo noturno à noite, era quase 5h da manhã quando peguei o celular e li as palavras preocupadas do André.

Não costumo ler mensagens tão cedo assim, é que – por ironia do destino – eu também não estava bem neste dia. Uma gripe forte havia tomado conta, as seguidas tosses me fizeram sair da cama bem antes do normal.

O texto do André trazia mais informações:

– Eu daria uma aula hoje, acho melhor você me substituir. Mas é muito cedo, então irei assim mesmo para o cliente. Provavelmente quando você receber esta mensagem, estarei dentro de um ônibus a caminho da sala de aula.

Quanto comprometimento! Dá gosto trabalhar com pessoas assim! E, claro, gente como o André precisa mais é ser respeitada, respondi a mensagem comentando que eu não seria o melhor substituto. Febre e – principalmente – rouquidão não são os melhores companheiros para um professor. Falei que talvez o melhor fosse cancelar a aula.

O comprometimento do André continuou:

– De forma alguma. Já estou a caminho e pensando em exercícios extras. Assim, se eu precisar de algum tempo durante a aula, terei atividades para que os alunos possam aproveitar bem o tempo!

Comprometimento! Estratégia! Inteligência! Jogo de cintura! Quantas qualidades as do André! Quantas empresas não dariam tudo para ter um colaborador como ele. Ainda bem que ele está comigo (rs)!

De fato, o André foi minha segunda surpresa positiva na semana. Antes a Débora também deu um show. Comentei em outro texto que havia proposto uma troca de administradora em um prédio em que temos um apartamento alugado. As reações foram muitas, todas – de uma certa forma – atrapalhando:

– Por que você indica esta outra administradora?
– Eles são realmente bons?
– Você garante o trabalho deles?

A Débora não questionou, ela agiu! Foi atrás da administradora indicada, conversou com o proprietário. Trocou ideias, conversou sobre os problemas do prédio, quis saber quais eram as alternativas. E gostou de tudo o que ouviu!

Perfeito! Excelente! A Débora aplicou uma das melhores técnicas na busca de soluções, ela SOMOU! Em vez de resistir, de atrapalhar, ela agregou. Foi a opinião dela, junto com a minha, que culminou com a tão desejada troca de administradora.

Que exemplos! Que alegria viver cercado por pessoas assim. Certamente por conta deles não consigo tirar de minha cabeça uma música de Vinícius de Moraes:

“Se todos fossem iguais a você
Que maravilha viver…

Ah, a propósito, a aula do André foi um show! Um sucesso!

Grande abraço!

Fernando Andrade
www.pessoasetecnologia.com.br
fernando@pessoasetecnologia.com.br
(11) 9 9943-4909, 3214-0519


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *